Home > Capela São José Operário

Capela São José Operário

No dia primeiro de maio a Igreja aponta-nos São José como o modelo de trabalhador em todas as espécies; e de modo especial também Jesus, pois o Mestre passou Sua juventude na carpintaria do seu pai adotivo e legal. Isso para nos mostrar a grandeza, dignidade e importância do trabalho. O Filho de Deus humanado trabalhou com mãos humanas. São Paulo disse aos tessalonicenses que “quem não quer trabalhar que não coma”.

José e Jesus foram executores de um trabalho braçal, simples e rude, para nos ensinar que todo trabalho é digno, bom e santificador. São José Maria Escrivá de Balaguer, criou o “Opus Dei” com a meta: “santificar o trabalho e ser santificado por ele”. Como disse Confúcio, “o trabalho é a sentinela da virtude”, e os santos disseram que “o ócio é a oficina do diabo”.

A preguiça gera muita dor. A lei do trabalho é uma lei de Deus, e quem a desobedece sofre e faz outros sofrerem: “Comerás o teu pão com o suor do teu rosto, até que voltes à terra de que foste tirado …” (Gn 3,19).

 

 

Capela de São José

O Papa Pio XII, em 1955, instituiu esta festa, no dia do trabalhador, para oferecer-lhe um modelo e um protetor.

Jesus foi conhecido como o filho do carpinteiro. Ele próprio, embora Filho de Deus, trabalhou com suas mãos, na oficina de José, dignificando assim qualquer atividade humana.

São José Operário, viveu de seu trabalho simples e honesto para sustentar Jesus e Maria com dignidade.

Pastorais e Movimentos

  • Catequese
  • Pastoral da Criança (resp. Marinha Alves)

Obras em andamento e/ou por fazer: Consertos dos banheiros.

Festividade

  • Celebra seu padroeiro, São José, no dia 01 de maio; dia do trabalhador.
  • Novena nos dias 22 à 30 de abril.
 Endereço: Estrada da Cruz, s/nº. – Cruz – SPA – CEP.: 28940-000

Padroeiro: São José Operário

Coordenador(a): Maria José

Comemorado: 01 de maio

Reuniôes: Terça-Feira às 18h

Celebrações: Domingo às 10h.